Estádio feito com contêineres para Copa-2022 foi inspirado em Lego...

24/01/2018

Segundo o Comitê Organizador, a ideia para o design da arena veio da mesma empresa responsável pelo projeto do Estádio Qatar Foundation, e seu aspecto modular é inédito em grandes eventos ao redor do mundo, uma vez que utiliza contêineres de navio modificados. A entidade aponta que os "elementos que farão parte do estádio serão rapidamente montado e desmontados em várias localidades, de acordo com o pedido" - e que isto faz parte da política de que a Copa deixe um legado para o Catar e para a região.

- Esta sede oferece o perfeito legado, capaz de ser remontado em uma nova locadidade de forma integral ou reutilizado em várias pequenas praças culturais e esportivas. Tudo em um estádio que entregará a atmosfera que os torcedores esperam em uma Copa do Mundo, e que faremos de forma ainda mais sustentável do que faríamos. Estou encantado com este design e confiante que o Ras Abu Aboud se tornará um exemplo para os mega eventos que virão depois - disse o secretário geral do Supremo Comitê, Hassan Al Thawadi.

Estádio deve ficar pronto em 2020 (Foto: Divulgação)

De acordo com as informações do comitê, o design permitirá que menos material seja utilizado na construção do estádio, o que gerará menos lixo e reduzirá as emissões de carbono no processo. O novo projeto também permitirá, segundo a entidade, que a obra seja concluída em três anos.

O Ras Abu Aboud terá capacidade para 40 mil torcedores e será construído em uma área em frente à baía de Doha, a apenas 1,5km do Aeroporto Internacional Hamad. 

Estrutura é inovadora, segundo Comitê Organizador (Foto: Divulgação)

o ficará situado ao lado da baía de Doha (Foto: Divulgação)

Alonso quer “laranja Indy” na McLaren em 2018

24/01/2018

Fernando Alonso afirmou que gostaria que sua McLaren para a temporada de 2018 da F1 tenha pintura semelhante àquela que utilizou em sua participação nas 500 Milhas de Indianápolis do ano passado.

Participando da tradicional prova americana pela primeira vez, Alonso liderou por 27 voltas em seu McLaren-Andretti Autosport Honda antes de sofrer uma falha de motor que o fez abandonar a corrida em seus estágios finais.

Quando perguntado pelo Motorsport.com se já havia visto a pintura de seu próximo carro, Alonso disse: “Não, ainda não. Mas veremos.”

“Eu estaria feliz com qualquer cor, mas o laranja faz parte do DNA da McLaren, então seria legal se víssemos um laranja como o da Indy. Foi um ótimo evento, com um ótimo carro da McLaren por lá.”

Ao analisar suas chances de disputar a Indy 500 novamente, Alonso disse: “Eu gostaria. É uma fantástica experiência e eu gostaria de repeti-la.”

“Em 2018 não será possível, já que estarei em Mônaco. Mas, uma vez que eu não esteja na F1, gostaria de tentar novamente, de aproveitar o momento especial de novo. Se será em 2019 não sei, mas farei meu melhor para voltar.”

No começo do mês, o diretor executivo da McLaren, Zak Brown, afirmou que o visual da McLaren passará “pela maior mudança” de todas as equipes do grid de 2018.

fonte: https://br.motorsport.com/

Aplicativos


 Locutor no Ar

Clube da Véia

Hora do Chá

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Asia

Only Time Will Tell

02.

Alphaville

Big in Japan

03.

Level 42

Lessons in Love

04.

Van Halen

Why Can't This Be Love

05.

Haddaway

What Is Love

Anunciantes