Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Músicas recentes:
Veja as músicas que já tocaram por aqui.
Fale conosco via Whatsapp: +55 47 98915 6272
No comando: Giro 360

Das 0:00 às 05;59

No comando: Marco Alexandre – Domingão da Véia

Das 06:00 às 10:59

No comando: Belmiro Avancini – Manhã da Véia

Das 06:00 às 10:59

No comando: Sapo – Extended

Das 11:00 às 11:59

No comando: Marco Alexandre – Extended Especial

Das 11:00 às 12:59

No comando: Marcio Andrade – Hollywood Classics

Das 12:00 às 12:59

No comando: Sapo – Tarde da Véia

Das 13:00 às 17:59

No comando: Marcelo Nobre – I Love 80’s

Das 18:00 às 18:59

No comando: Giovani (Gigio) – Avós do Brasil

Das 19:00 às 19:59

No comando: Marco Alexandre – Pendrive do Marco Véio

Das 19:00 às 20:59

No comando: Belmiro Avancini – Faixa Etílica

Das 19:00 às 20:59

No comando: Marco Alexandre – Clássicos da Véia

Das 20:00 às 22:59

No comando: Bailinho da Véia

Das 21:00 às 21:59

No comando: Marco Alexandre – Extended Especial

Das 22:00 às 23:59

No comando: Sapo – Extended

Das 23:00 às 23:59

Menu

O álbum do Angra que Falaschi transpôs para planilha de Excel para seguir mesma estrutura

Durante entrevista ao Ibagenscast, Marcelo Barbosa relembrou seus tempos de guitarrista do Almah. Ele se recordou que quando lançaram o “Fragile Equality”, em 2008, o Angra passava por período de hiato e Edu Falaschi – vocalista de ambas as bandas na ocasião – tentou recriar a estrutura do “Rebirth” no disco. “Na época do ‘Rebirth’, o Angra estava parado, sem fazer shows, e ninguém sabia do futuro da banda. A gente gravou o ‘Fragile Equality’ nesse contexto. O Edu chegou com um papel ou uma planilha Excel que era, digamos, o mapa do ‘Rebirth’: a primeira música é uma abertura, a segunda é uma speed, aí vem uma étnica, e assim por diante. Ele queria um disco seguindo essa estrutura, e fomos preenchendo as lacunas com nossas ideias. Se você comparar os dois discos, vai ver que eles se alinham bastante. Lembro de falar sobre isso com o Felipe Andreoli e ele disse que não lembrava, mas realmente há uma forte referência do Angra naquele momento. Depois, no ‘Motion’, fomos para algo mais pesado, com menos orquestra e mais sombrio. Nos discos seguintes, isso diminuiu ainda mais, e cada um contribuiu com suas influências, com o Edu ouvindo coisas diferentes”.

Deixe seu comentário:

Widgets

Você pode adicionar widgets nessa coluna indo em Personalização -> Widgets em seu painel de controle.

Segue lá